How to disappear completely

A Islândia só existe no mapa existencial do mundo por causa da Björk. Mas, em vista da visível decadência do trabalho da duendezinha, talvez seja melhor lembrar de lá como a terra do Sigur Rós.

Alguém da imprensa já comentou, jocosamente, que a música deles é “trilha sonora pra esperar disco voador”. O tiro saiu pela culatra, pois é uma definição perfeita! É música pra esquecer do mundo, pra fingir que não estamos na situação em que estamos. Pra sumir da realidade e nunca mais ser encontrado.

Tá, eles fazem um tipo de reprocessamento do rock progressivo e blá blá blá, como outras grandes bandas atuais (Mogwai, Godspeed You Back Emperor! e até o Radiohead). Mas a menor vontade que dá ao ouvi-los é fazer crítica musical. Só dá pra pensar em ser feliz. Música só serve pra isso.

Saiu em setembro o quarto disco, Takk, que em islandês quer dizer “obrigado”. Arthur Dapieve disse a respeito, acertadamente: “obrigado digo eu”. Aliás, eu sempre penso nisso quando estou num show e o artista agradece o carinho do público. Entendo ele ficar feliz de sua obra estar tocando as pessoas, mas o público tem muito mais razões pra agradecer.

Um dos destaques dessa leva é Hoppípolla (clique para ouvir; mirror aqui), mas também me impressionou o maravilhoso vídeo da faixa de trabalho, Glósóli, cujas imagens ilustram este post.

A banda só lançou quatro videoclipes em toda a carreira, mas deixam comendo poeira as obras completas de quase todos os artistas que tocam na MTV. Não são videozinhos com edição picotada, e sim, filmes de atmosfera onírica e câmera lenta, porque a música deles pede isso.

Como a reafirmar que não têm nada a ver com esse mundo, são estrelados apenas por crianças, ou, no caso de Svefn-G-Englar, por bailarinos com síndrome de Down. O vídeo de Vidrar Vel Til Loftarasa faz mais, metaforicamente, pela aceitação da homoafetividade do que todas as paradas gays do mundo.

É dificíl vê-los na TV brasileira (novidade…), mas dá pra encontrar os quatro vídeos no eMule. Como nem todo mundo tem banda larga, coloquei nesse link o vídeo novo. O arquivo tem 16 MB, e o link funcionará por uma semana ou enquanto “durarem os estoques” (25 downloads).

Anúncios

Sobre Marcus Pessoa

Alguém em busca de mais vida offline.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s