Viver, etc.

Grande Sertão: Veredas está fazendo 50 anos.

Difícil descrever a sensação de quando o li. Foi assim como um monolito desgovernando me rachando a cabeça. Entre as pausas pra tomar fôlego, só conseguia pensar na minha descoberta pessoal da filosofia — os pré-socráticos, em cuja época, refletir sobre os problemas básicos parecia algo acessível a qualquer homem comum, e não apenas aos estudiosos.

Ao colocar as questões essenciais da existência na boca de seus matutos, Guimarães Rosa parece dizer que estamos todos perdidos no imenso sertão de nós mesmos. E faz isso de forma bem original, inventando palavras onde o dialeto não dá conta. O leitor nunca saberá exatamente o que é o dialeto e o que é a pegadinha erudita do autor. Assim, a introspecção filosófica torna-se algo natural e nem um pouco forçado.

Os jagunços do sertão estão sempre em situações-limite e só conseguem se aproximar dos mistérios do sertão pelas beiradas. Refletem a condição humana em geral, pois “viver é muito perigoso” não só pra eles, mas pra todo mundo.

Gostei de Daniel Piza, no texto linkado, ter se referido à “tristeza dos cavalos”, dentro da experiência prática que Rosa teve no sertão, antes de tornar-se diplomata. Existe uma cena no livro, envolvendo cavalos, que é muito emocionante, de chorar mesmo. Em outro livro, “Ave Palavra”, Rosa diz que “amar os animais sobre todas as coisas é o maior sinal de humanidade”.

Tive apenas a infelicidade de ter visto a versão em minissérie da Rede Globo antes de ler o livro, e nunca ter conseguido deixar de pensar em Riobaldo e Diadorim com os rostos de Tony Ramos e Bruna Lombardi. Aliás, a escalação de Bruna me pareceu um caso de miscasting: embora Diadorim fosse bonito e delicado, se tivesse o rosto de Bruna seria um homem de beleza sobrenatural, e enfeitiçaria não só Riobaldo mas todos os jagunços ao seu redor.

(via Pedro Doria)

Anúncios

Sobre Marcus Pessoa

Alguém em busca de mais vida offline.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s