Pidgin

PidginNunca fui fã de bate-papo pela internet, e quando tive que me render a ele, preferi adotar um programa simples e leve. Fico um tanto incomodado com a tranqueira brega do Windows Live Messenger e seus badulaques inúteis que sugam os recursos do computador.

O Pidgin é antigo Gaim, um comunicador de código aberto que roda em Windows e Linux e conecta em uma grande variedade de redes de chat, entre elas a MSN, o IRC e o Google Talk. Ele chega agora à versão 2.0 e se mostra um programa maduro e de fácil utilização.

O Google Talk ganhou uma certa popularidade graças à integração ao Orkut e ao Gmail. Alguns amigos que passam o dia em suas respectivas senzalas — que não permitem a instalação de comunicadores — falam com o mundo exterior através do bate-papo do Gmail, que nada mais é do que o Google Talk integrado à página. Para instalá-lo no Pidgin, basta seguir a explicação do Google.

Eu uso as duas redes (MSN e Google) simultaneamente, e meus contatos ficam organizados numa lista única. A janela de conversas também é uma só, e quando estou falando com vários contatos ao mesmo tempo, eles aparecem em abas.

O Pidgin tem correção ortográfica e um recurso muito útil: eu posso ver se aquele contato no MSN com quem eu não falo há um tempão ainda me tem na lista dele — facilmente e sem ter que recorrer a esses sites que tem por aí.

O programa tem algumas limitações, e a principal delas é a ausência de conexão por áudio e vídeo. Existe um projeto paralelo para adicionar esse recurso, mas não esperem isso para breve. Ele também não avisa da chegada de e-mails.

De outras limitações eu gosto: ele até recebe aquelas imagens animadas pentelhas que os usuários do MSN tanto gostam de usar como ícones, mas não permite salvá-las em seu próprio arquivo. Também não funciona aquela coisa inútil, os winks.

Até o momento, tem satisfeito plenamente as minhas necessidades.

Anúncios

Sobre Marcus Pessoa

Alguém em busca de mais vida offline.
Esse post foi publicado em Internet, Software. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Pidgin

  1. Ele permite que você proiba a visualização das “imagens animadas pentelhas” e também avisa sobre novos emails se você quiser. Tudo isso se configura em CONTAS > (sua conta de email) > EDITAR CONTA

    Você marca Novas notificações de email e na aba Avançado, desabilita Mostrar emoticons personalizados. Bem, tudo isso funciona bem no LINUX. Não sei como é no Windows.

    Se não funcionar, mude de sistema operacional.. aceite o linux em sua vida e ele vos libertará :)

  2. Rapaz eu tinha desistalado por que ele só vivia caindo e tanto erros, mas vou reinstalar, já que ele teve melhoras, gosto do programa, e sim eu detesto todos aqueles emoticons!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s